404

Austrália inaugura o primeiro hostel de areia do mundo

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

Um hostel de areia à beira-mar foi eleito como o “hostel dos sonhos” pelos fãs australianos do Hostelworld, e a plataforma, reconhecida como líder em reservas de hostels no mundo, transformou esse sonho em realidade! O sonho virou realidade para os moradores da Gold Coast, que acordaram na manhã desta terça-feira, 19 de setembro, para descobrir à beira-mar o primeiro hostel feito inteiramente de areia.


O Hostelworld e a Gold Coast Tourism convidaram o artista australiano Dennis Massoud para criar esta imponente estrutura, construída com a mesma areia dourada que tornou a região famosa. Foram necessárias mais de 24 toneladas de areia e 21 dias para criar o hostel na Broadbeach, na Gold Coast, Austrália.

Projetado pelo icônico designer de produção Jon Dowding – cujos trabalhos cinematográficos incluem o Mad Max original e A Lagoa Azul – a estrutura não é apenas uma bela obra de arte, mas um hostel totalmente funcional que estará aberto para os hóspedes que quiserem dormir ou socializar entre os dias 20 e 22 de Setembro.

O Sand Hostel pode ser reservado na página de hostels na Austrália, no site Hostelworld, para a noite de quinta-feira, dia 21 de setembro, oferecendo aos sortudos que garantirem o alojamento a oportunidade de usufruir dessa experiência única.


Durante o dia estarão disponíveis aulas de surf ou oficinas masterclass de preparação de bebidas e cocktails, à noite os hóspedes poderão relaxar no dormitório de oito camas ou no luxuoso quarto privado, especialmente projetado para oferecer conforto sem perder o charme da praia. Além disso, o hostel também vai oferecer instrutores de yoga, food trucks, voleibol de praia, aulas de escultura na areia com Dennis Masoud, aula de culinária, performance de fire dance, degustação de cerveja artesanal e também músicos locais e DJs, incluindo Roland Tings DJ (DJ Set) e CC.Disco, para garantir que os hóspedes tenham uma autêntica experiência Gold Coast.

A ideia de criar o hostel começou quando o Hostelworld – a maior plataforma de reservas em hostels do mundo – pediu à sua comunidade do Facebook para revelar qual seria o seu “hostel dos sonho”. A maioria (59%) escolheu como opção favorita um gigante castelo na areia, logo atrás ficou um templo urbano para festas e um retiro no topo das montanhas.

“Fizemos um projeto com a Gold Coast Tourism e queremos desafiar a percepção sobre os hostels, e mostrar que eles funcionam como centros sociais incríveis, onde se podem conhecer outros viajantes e criar memórias extraordinárias. Nós ouvimos o que nossos clientes querem e criamos o hostel de todos os sonhos, em Gold Coast”, explica Niall Walsh, chefe de aquisição do Hostelworld.


Para o responsável de marketing da plataforma de reservas, “o Sand Hostel vai oferecer a oportunidade para que alguns hóspedes mais sortudos mergulhem na cultura local da Gold Coast e interajam com viajantes de todo o mundo, com areia entre os dedos num cenário mágico à beira do mar. Será completamente diferente de qualquer coisa feita antes”.

Já a Gold Coast Tourism prefere realçar o “projeto com o Hostelworld”, “um ajuste natural para mostrar aos jovens viajantes a real experiência de Gold Coast através das hospedagens modernas oferecidas pelos hostels. Existe uma energia inexplicável aqui, e nós convidamos os viajantes para que eles vejam como Gold Coast evoluiu”, afirma Dean Gould, diretor executivo dos assuntos corporativos e estratégia. “A nossa cultura costeira única, o cenário crescente de comida de rua e cervejarias artesanais, praias icônicas e interior exuberante formam o cenário para experiências verdadeiramente memoráveis. Estamos entusiasmados para que nossos convidados descubram esses momentos inesquecíveis tão procurados pela geração millenial e abundantes aqui na Gold Coast”, finaliza.

Link para reserva do Sand Hostel na Austrália: http://www.portuguese.hostelworld.com/hosteldetails.php/Sand-Hostel/Broadbeach/275457

Sobre o Hostelworld

O Hostelworld, a maior plataforma online de reservas de hostels, inspira viajantes apaixonados a verem o mundo, conhecerem novas pessoas e voltarem para casa com histórias extraordinárias para contar. Os clientes do Hostelworld não são os turistas comuns; eles buscam experiências únicas e o Hostelworld ajuda a oferecer as melhores opções de hostels do mundo. É a natureza social dos hostels que recarrega esses viajantes nas suas aventuras globais e os impulsiona a conhecer o mundo. O Hostelworld tem mais de nove milhões de comentários espalhados por 35.000 mil propriedades em mais de 170 países, o que torna a marca o principal centro de reservas de viajantes sociais. O website e o aplicativo têm versões em 19 idiomas diferentes. O Hostelworld Group teve seu capital aberto em novembro de 2015, aparecendo entre as principais empresas das bolsas de valores de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em todo o mundo, presente em cidades como Londres, Xangai, Sydney, Seul e Porto, e foi reconhecido como o melhor local de trabalho em 2016 e em 2017 pelo Great Places to Work Institute. Saiba mais em: http://www.brazilian.hostelworld.com.

Sobre Gold Coast Tourism

Somos uma cidade à beira-mar que mantém a alma de cidade costeira. Somos um lugar de contrastes poderosos, o nostálgico e o moderno, audaciosos e abundantes, todos unidos por uma energia inconfundível. E essa energia é tão constante que vai das nossas marés até o interior. Está presente em nossas florestas tropicais, baristas, salva-vidas e nas vívidas cores da cidade. Você quase pode sentir seu gosto em nosso ar marinho fresco e salgado. É a energia que inspira nosso modo de vida, molda a forma que pensamos e alimenta a nossa evolução. Nós não somos o lugar que você conheceu ou pensa que podemos ser. Nós somos o destino Gold Coast.

Gold Coast recebe mais de 30 mil viajantes jovens e internacionais atualmente (18-30 anos), representando mais de 30% de todas as chegadas internacionais e contribuindo significativamente para a economia local.

Imagens e vídeos licenciados estão disponíveis para uso não comercial por meios de comunicação, operadores turísticos, agentes de viagens, profissionais e promotores de convenções. Esses recursos estão disponíveis para download no Destination Gold Coast Content Hub, registrando-se em

http://www.barberstock.com/destinationgoldcoast

Os recursos de imagem também podem ser acessados aqui

http://barberstock.com/collection/destinationgoldcoast/dgc-youth-market-asset-collection

Saiba Mais | Comentários (0) | setembro 19th, 2017

Hostels com boas práticas de sustentabilidade em prol da comunidade e do planeta

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

O Hostelworld, site líder de reservas em hostels no mundo, listou 13 hostels que contam com projetos especiais e buscam, por meio de ações, contribuir em prol do planeta e suas comunidades locais. Os hóspedes tem a oportunidade de participar das iniciativas dos hostels e com isso adquirir melhor compreensão de questões globais como conservação ambiental, fontes de energia renováveis e desperdício de alimentos. Além disso, os turistas podem trocar tempo e habilidades por refeições orgânicas gratuitas e até diárias nos hostels.

O objetivo desses projetos é que os turistas vejam o mundo através das experiências em hostels que fazem a sua parte pelas comunidades locais, seja através da doação de roupas, trabalhos voluntários por uma tarde ou ajudando a natureza em algum, dos muitos, hostels ecológicos do Hostelworld. Confira alguns desses hostels:

28 Towpath on the Riverfront

28 Towpath on the Riverfront, Elizabeth, África do Sul
O 28 Towpath on the Riverfront apoia as iniciativas da comunidade local de Port Elizabeth, ao longo do Eastern Cape e por toda a África do Sul, o que significa que, entre as aulas de yoga e windsurf do 28 Towpath, os viajantes também podem oferecer seu tempo para participar como voluntários de projetos como musicoterapia, permacultura, artes e programas de educação. O hostel também cuida da natureza: a água do chuveiro é reutilizada para regar bananeiras e mamoeiros do terreno e para ajudar a cultivar o jardim interno. Preço médio por noite: R$ 38,25 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/28-Towpath-on-the-Riverfront/Port-Elizabeth/94240

Bamboo Eco Hostel, Turim, Itália
O primeiro hostel ecológico da Itália foi o Turin’s Bamboo Eco Hostel, que, no melhor estilo verde, é quase todo construído com materiais reaproveitados e reciclados. Os grafites das paredes funcionam como um lembrete da educação ecológica e da importância de fazer pequenas mudanças, o Quarto Fuchsia foi projetado para celebrar o orgulho LGBT e o café da manhã é um banquete de delícias orgânicas. Conhecer a cidade, observar suas construções e ajudar a queimar as calorias do café da manhã não poderia ser mais fácil com a rede de compartilhamento de bicicletas da cidade, chamada [TO]Bike, com um posto de atendimento na esquina do hostel. Preço médio por noite: R$ 83,75 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Bamboo-Eco-Hostel/Turim/83902

JAM Hostel Barcelona, Barcelona, Espanha
O JAM Hostel Barcelona tem como objetivo contribuir para a promoção do turismo responsável em Barcelona através do seu lema: reduzir, reciclar e reutilizar. Nos bastidores foram instalados modernos sistemas de economia de água e energia, enquanto materiais reciclados foram transformados em obras de arte. O terraço e o jardim do hostel, cheios de espaços para curtir o sol, atraem uma multidão em busca das sessões matinais de yoga e das massagens ayurvédicas. De noite, os turistas podem tomar um refrescante Mojito com hortelã. Preço médio por noite: R$ 83,75 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Jam-Hostel-Barcelona/Barcelona/84819

Pfefferbett Hostel, Berlim, Alemanha
O Hostel Pfefferbett de Berlim, construído em uma antiga cervejaria, faz parte de uma iniciativa municipal que conecta empresas a idosos e pessoas com deficiência que vivem na cidade. Mais de 40% dos funcionários do hostel foram escolhidos através desse programa, e eles atuam na recepção, na limpeza e na cozinha. Para os turistas, o Pfefferbett com certeza faz de tudo para impressionar: o hostel oferece café e chá grátis, um passeio diário também gratuito, aluguel de bicicletas ecológicas, partidas de ping-pong e futebol de mesa, além de seu próprio oásis em forma de jardim, perfeito para relaxar e conhecer novos amigos. Preço por noite: a partir de R$ 82,52 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Pfefferbett-Hostel/Berlim/8999

Fat Cat Travellers Community, Auckland, Nova Zelândia
Aprenda uma nova habilidade, como jardinagem orgânica, construção ecológica ou quem sabe a fazer o seu próprio pão, ou apenas aprenda um pouco mais em uma das diversas oficinas oferecidas pelo hostel. Todos os dias, grandes refeições veganas com os produtos da fazenda orgânica são preparadas para alimentar a todos, quando voluntários e hóspedes do hostel sentam juntos ao redor de uma fogueira para dividir histórias, experiências e músicas. Nada é desperdiçado: os painéis solares alimentam os chuveiros, as sobras de alimentos são usadas em compostagem para o jardim orgânico e até mesmo a máquina de lavar roupas funciona com um pedal de ativação. Preço médio por noite: R$ 70,62 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Fat-Cat-Travellers-Community/Auckland/59212

Grampians Eco YHA, Grampians, Austrália
A arquitetura do Grampians YHA foi projetada para usar água aquecida pelo sol, tanques de água da chuva e reaproveitamento de água, além de técnicas de zoneamento inteligente que utilizam 50% menos energia e geram 50% menos resíduos que um hostel padrão. Cercado pela natureza, os hóspedes desse hostel podem colher ovos orgânicos frescos, além de vegetais, frutas e ervas cultivadas em sua horta orgânica no jardim. Das varandas, podem ser vistos emus, wallabies e cangurus, e os viciados em adrenalina podem curtir caminhadas, trilhas, ciclismo e canoagem, tudo pertinho do hostel. Preço médio por noite: R$ 45 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Grampians-Eco-YHA/Grampians/16573

Twentytu Hi-Tech Hostel, Barcelona, Espanha
O Twentytu Hi-Tech Hostel ganhou um prêmio de turismo sustentável por seu design e foi o primeiro hostel de Barcelona a ganhar a qualificação máxima em eficiência energética. Os hóspedes do hostel colaboram ao usar água, energia e calor reciclados em todo o prédio. Até o check-in com autoatendimento reduz o gasto de papel e energia de uma mesa de recepção tradicional. O hostel conta com uma vista deslumbrantes de seu terraço e passeios de bicicleta pela cidade. Preço médio por noite: R$ 72,42 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Twentytu-Hi-Tech-Hostel/Barcelona/63807

Planet Traveler Hostel, Toronto, Canadá
O Planet Traveler leva sua responsabilidade ambiental muito a sério e usa técnicas modernas para reduzir a emissão de carbono, o uso de energia e o impacto geral do hostel no ambiente. A prova disso pode ser vista nos medidores inteligentes de energia espalhados pelo hostel, exibindo como os recursos podem ser recuperados. O Planet Traveler ainda ganha muitos pontos com suas vistas deslumbrantes do horizonte de Toronto, um bar no terraço, um lounge super aconchegante e atividades diárias. Não há pressa para explorar cada cantinho de Toronto, já que o café da manhã é servido até 13h, e alguns dos museus e galerias mais legais da cidade ficam a poucos minutos de distância. Preço médio por noite: R$ 86,77 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Planet-Traveler-Hostel/Toronto/48151

Chicago Getaway Hostel

Chicago Getaway Hostel, Chicago, Estados Unidos
Da lavanderia ao lobby, o objetivo do Chicago Getaway Hostel é se manter o mais verde possível. Por todo o hostel você vai perceber a aura ecológica, com as louças reaproveitáveis da cozinha, as cestas de lixo reciclável em todos os quartos, dormitórios com sistema inteligente de economia de energia e cartões reutilizáveis. Um café da manhã americano típico com waffle e cereais dão início a um dia cheio de atividades dentro e fora do hostel, como pub crawls, churrascos com música ao vivo e noites de filmes com pipoca na sala de TV do hostel. Preço médio por noite: R$ 77,95 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Chicago-Getaway-Hostel/Chicago/1804

The Local NYC, Nova York, Estados Unidos
Pode abandonar os guias de Nova York quando chegar no The Local, já que a equipe do hostel produz seus próprios guias com tudo o que tem de legal na vizinhança do Queens, te salvando das armadilhas para turistas e levando direto ao coração de uma das comunidades mais artísticas da Big Apple. Desde as melhores delícias veganas até o melhor lugar para ver a Maratona de Nova York, o guia é todo online e com muitas dicas de programas grátis. Você também não pode perder os drinques servidos no bar. Depois, vá até o terraço para ver o sol se pôr no icônico horizonte de Nova York, ou relaxe curtindo um filme. Preço médio por noite: R$ 135,10 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/The-Local-NYC/Nova-York/76281

Shelter City e Shelter Jordan, Amsterdã, Holanda
Dirigidos por voluntários cristãos de todo o mundo, os dois hostels Shelter de Amsterdã são propriedades sem fins lucrativos que oferecem uma experiência diferente de hospedagem. Localizado no coração do bairro histórico da Luz Vermelha (Red Light District), o Shelter é um refúgio de tranquilidade no meio da agitação da cidade. Os viajantes que buscam por um lugar calmo para refletir durante um passeio e outro podem participar de noites de jogos, meditação bíblica, sessões de microfone aberto, caminhadas pela cidade, noites de filme e degustações da culinária local. Preço por noite: a partir de R$ 81,72 por pessoa. http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Shelter-City/Amsterda/6251

http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Shelter-Jordan/Amsterda/643

Luz en el Cielo Eco Hostel, Montezuma, Costa Rica
A floresta tropical da Costa Rica oferece algumas das paisagens naturais mais preservadas dos caminhos dos mochileiros, e neste lugar da cidade de Montezuma os viajantes são convidados a dormir com o som das ondas e acordar com os macacos brincando nas árvores. O Luz en el Cielo é seu lar no meio da selva. Comece o dia com um café da manhã com alimentos orgânicos locais. Depois, conheça uma cachoeira perfeita para o Instagram, a vida selvagem preservada, as melhores praias para surfe da Costa Rica e um parque nacional, tudo a uma curta distância de carro do hostel.
Preço médio por noite: R$56,43 por pessoa

http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Luz-en-el-Cielo-Eco-B-and-B-Hostel/Montezuma/50633

HI Point Montara, Estados Unidos
São mais de 50 hostels da rede HI espalhados pelos Estados Unidos, e cada um deles tem o objetivo de juntar viajantes e moradores para apresentar novas culturas e transformar os visitantes em cidadãos globais. Todos os anos, em Janeiro e Fevereiro, o Great Hostel Give Back Program oferece a grupos de oito ou mais pessoas a oportunidade de ganhar uma noite de hospedagem grátis em um dos hostels HI USA – por cada dia que os membros participam de trabalhos voluntários na comunidade ao redor do hostel, por pelo menos duas horas. Até agora, foram oferecidas mais de 5.236 horas de serviço comunitário, com 1.332 noites grátis em hostels como recompensa.
Preço médio por noite: R$ 93,45 por pessoa

http://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/HI-Point-Montara-Lighthouse-Hostel/Montara/1838

Sobre o Hostelworld
O Hostelworld Group é a principal plataforma global de reservas de hostels, com os sites Hostelworld, Hostelbookers e Hostel.com em seu portfólio, que atuam em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes e hostels de todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de avaliações espalhadas por 33.000 mil propriedades em mais de 170 países. O clientes do Hostelworld não são os turistas médios. Eles buscam experiências, e não souvenirs, e querem estar no coração da ação. Eles querem Conhecer o Mundo, e é a própria natureza social dos hostels que facilita suas aventuras de viagens.
O grupo Hostelworld abriu seu capital em novembro de 2015, aparecendo nos principais mercados de valores de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney e Seul, e foi recentemente reconhecido como o Melhor Local de Trabalho de 2016, pelo Great Place to Work Institute. Saiba mais em: http://www.brazilian.hostelworld.com.

Saiba Mais | Comentários (0) | agosto 11th, 2017

10 Hostels para praticar Yoga, acalmar a mente, corpo e alma

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

Seja você um “yogi” experiente ou alguém que tem pouca intimidade com o Yoga, participar de aulas de yoga é uma ótima maneira de conhecer outros viajantes. Tem forma melhor de criar laços do que tentando manter o equilíbrio durante uma posição de yoga enquanto curte o pôr do sol na praia? Além da energia de união que o yoga tem, seus benefícios físicos podem ajudar a combater alguns desconfortos e o cansaço das viagens mais longas. Pesquisam comprovam que praticar yoga melhora o sono e é uma dádiva absoluta para circulação durante as muitas horas de estrada. Praticar yoga também colabora com o alívio de ressacas, ajudando a desintoxicar o fígado. Pensando nisso o Hostelworld, site líder de reservas em hostels no mundo, listou 10 hostels em que é possível praticar Yoga ou conhecer outros viajantes tendo um contato mais próximo com a prática do Yoga. Confira alguns hostels que oferecem aulas de yoga e outras atividades alternativas que vão jogar suas taxas de endorfina lá no alto!

Trindade Sea e Forest Hostel, Paraty, Rio de Janeiro, Brasil

Trindade Sea e Forest Hostel, Paraty, Rio de Janeiro, Brasil
Você sabe que acertou quando o quintal do seu hostel é uma praia de areia branca e seu vizinho é uma floresta tropical chamada Mata Atlântica! Imagine a cena: você acorda de um sono tranquilo em sua cabana de madeira e passeia até a varanda para um café da manhã grátis. Em seguida, faz um pouco de yoga na selva (enquanto observa tucanos passarem por você) e depois vai para a animada vila de Trindade para uma cervejinha no início da noite e uma conversa com os moradores.

Freehand Miami Hostel e Hotel, Miami, USA

Freehand Miami Hostel e Hotel, Miami, USA
No Freehand Miami o hedonismo é a alma do negócio, e por isso o hostel atrai uma galera bem sociável e descontraída. Comece a semana com o Mantra de Yoga da Segunda-feira na praia, seguido por um happy hour no bar do hostel, o premiado The Broken Shaker. Depois disso você ainda pode fazer uma sessão rejuvenescedora da Yoga de Desintoxicação do Fim de Semana, seguida por aulas de salsa e da festa Chocolate Shaker na piscina aos domingos.

Solscape Eco Retreat, Raglan, Nova Zelândia

Solscape Eco Retreat, Raglan, Nova Zelândia
O nome diz tudo: retiro ecológico! Você vai encontrar atividades alternativas e yoga em todos os cantos do Solscape Raglan, como yoga, acrobacia, surfe, Yoga Slow flow e Yoga Yin Yang. Você pode escolher entre aulas individuais ou pelo pacote de atividades do retiro. Há diferentes opções de quartos no hostel – escolha entre ficar em um container, em uma cabana clássica neozelandesa da década de 60, um antigo vagão de trem transformado em quarto ou até mesmo fique mais próximo da natureza e acampe na vila. Uma dica: leve ingredientes para fazer pizzas no forno a lenha da cozinha comunitária.

Hush Hostel Lounge, Istambul

Hush Hostel Lounge, Istambul
A ótima classificação de 9.2 dada pelos hóspedes não mente. O Hush Hostel Lounge fica em Kadikoy, um bairro moderno e descolado na margem do Mar de Mármara, também conhecido como o “lado asiático” de Istambul. Você vai ver estúdios de tatuagem, arte de rua e alguns dos melhores bares e mercados da cidade. O Hush é um pequeno oásis de paz escondido nessa animada vizinhança, com direito a café da manhã grátis, um terraço com vista para o Bósforo e um lindo jardim, onde acontecem as aulas de yoga.

Casa Zen Guesthouse & Yoga Center, Costa Rica

Casa Zen Guesthouse & Yoga Center, Costa Rica
Yoga. Surfe. Praia. Em poucas palavras, a vida é doce no Casa Zen. O hostel fica a poucos minutos de caminhada da famosa Playa Santa Teresa, e tudo que tem de fantástico na natureza está lá perto, como cachoeiras e lugares para fazer passeios a cavalo. Aproveite as aulas de yoga diárias no deck do hostel, e se você curte exercícios de alta intensidade, os hóspedes recomendam as aulas de Cárdio Fit. O Casa Zen também cuida da sua alimentação com café da manhã gratuito e duas cozinhas comunitárias completas, com direito a liquidificador para fazer suas vitaminas naturais!

Caveland Karterados, Santorini, Grécia

Caveland Karterados, Santorini, Grécia
Tá sentindo o cheirinho? É o aroma perfumado das laranjas, pêras e pistaches que cercam esse hostel delicioso. O Caveland fica no coração de Santorini, mas fora do lugares mais cheios, um complexo grego de 8 espaços alojados em uma antiga vinícola do século 18. Por acaso, os donos são instrutores de yoga e oferecem aulas no terraço com vista para o Mar Egeu. É perfeito para quem procura um santuário de paz com café da manhã, jantares e churrascos para socializar com outros viajantes.

Jam Hostel, Barcelona

Jam Hostel, Barcelona
Localizado no boêmio bairro da Gracia, o Jam é um excelente hostel, com yoga de alta qualidade. Eles oferecem aulas de yoga no terraço todas as manhãs, acompanhadas por um instrutor experiente e praticante da Yoga Shri Vivek – “postura, respiração, krias, movimento, expressão, limpeza dos chakras e mantras”.

Woodah Hostel, Copenhaque

Woodah Hostel, Copenhaque
Localizado na área descolada de Vesterbro, o Woodah coloca em prática o seu mantra “ser saudável é mais importante do que ser rico” ao oferecer um hostel ecológico e tranquilo, com direito a um café da manhã orgânico. As aulas grátis de yoga são em uma pequena sala, e misturam pranayama, Astanga e Hatha Yoga.

USA Hostel, São Francisco

USA Hostel, São Francisco
Em uma ótima mistura, este hostel tem todas as atividades que você pode imaginar – degustação de queijos e vinhos, festas com food trucks, coro gospel, entre outras atividades. O destaque vai para as panquecas de café da manhã e as aulas grátis de yoga todas as terças-feiras na Catedral do outro lado da rua. Isso definitivamente vai equilibrar seu Yin e Yang.

Mandala Hostel, Budapeste, Hungria

Mandala Hostel, Budapeste, Hungria
Sem toque de recolher ou horário de check out, esse lugar tem uma certa ‘vibe hippie’. E uma vibe zen total com atividades de yoga, espaço para meditação, massagem, redes e violões. Os banhos termais de Gellert Hill estão logo depois da esquina. Você pode reservar uma cama em dormitório ou alugar um quarto completo no novo Mandala Apartments do outro lado da rua. E lembre-se, no Mandala Hostel, “não existe um caminho para a paz – a paz é o caminho”. Depois disso, tudo o que você precisa é uma toalha e uma garrafinha de água, e saiba de uma coisa: se você não está descalço, está vestido demais para a situação.

Sobre o Hostelworld
O Hostelworld Group é a principal plataforma global de reservas de hostels, com os sites Hostelworld, Hostelbookers e Hostel.com em seu portfólio, que atuam em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes e hostels de todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de avaliações espalhadas por 33.000 mil propriedades em mais de 170 países. O clientes do Hostelworld não são os turistas médios. Eles buscam experiências, e não souvenirs, e querem estar no coração da ação. Eles querem Conhecer o Mundo, e é a própria natureza social dos hostels que facilita suas aventuras de viagens.
O grupo Hostelworld abriu seu capital em novembro de 2015, aparecendo nos principais mercados de valores de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney e Seul, e foi recentemente reconhecido como o Melhor Local de Trabalho de 2016, pelo Great Place to Work Institute. Saiba mais em: http://www.brazilian.hostelworld.com.

Saiba Mais | Comentários (0) | julho 14th, 2017

Pesquisa revela que viajar pode te ajudar a conseguir um emprego

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

Pesquisa encomendada pelo Hostelworld, site líder de reservas em hostels no mundo, mostra que viajar pode ser muito útil para sua carreira

Muitas pessoas temem que tirar um tempo para viajar pelo mundo possa afetar a carreira. No entanto, uma nova pesquisa revela que isso pode, na verdade, te tornar mais atrativo para o mercado de trabalho. É o que diz um novo estudo internacional realizado pelo site líder de reservas em hostels, Hostelworld, que questionou viajantes e empregadores de nove países. Os entrevistados foram perguntados se eles eram responsáveis pela contratação de novos funcionários em seu emprego atual, e se eles acreditavam que ter viajado tornam os candidatos mais empregáveis e por quais motivos. Os países incluídos no estudo foram Reino Unido, Estados Unidos, França, Espanha, Alemanha, Itália, Portugal, Brasil e Coréia do Sul.

A pesquisa mostrou que a maior parte dos adultos brasileiros (91%) acredita que viajar te torna mais atrativo para o mercado de trabalho, e 98% dos empregadores confirmaram esse resultado. Segundo a pesquisa do Hostelworld, 86% dos viajantes afirmaram que suas experiências ajudaram a entender o que queriam fazer da vida, e um número similar (85%) disse que as viagens ajudaram a descobrir o que queriam fazer profissionalmente. Muitas das pessoas que participaram da pesquisa se beneficiaram de experiências específicas, com 78% dos entrevistados que tiraram um ano sabático dizendo que fizeram trabalhos no exterior que ajudaram melhorar o currículo, e 65% respondendo que até conheceram pessoas que os ajudaram a garantir um emprego.

No entanto, são as habilidades adquiridas durante as viagens que realmente ajudam a aumentar as perspectivas de emprego. Entre as principais razões pelas quais as pessoas acreditam que viajar ajuda na empregabilidade de alguém estão a maior habilidade de lidar com pessoas (59%), a melhor adaptação a situações desconhecidas (49%) e a maior visão global adquirida pelos viajantes (45%). Outros benefícios que apareceram nos primeiros lugares foram: aumentar as habilidades de comunicação (43%), aumento de confiança (36%) e que viajar ensina as pessoas a ficarem dentro de um orçamento (19%).

Curiosamente, a pesquisa também sugere que aqueles que viajam tendem a ser mais empreendedores. Entre os que estão atualmente empregados, pessoas que passaram um tempo viajando são mais propensas a trabalhar por conta própria (39%) do que as que não viajaram (36%). Na verdade, vários empresários famosos falaram sobre o valor de viajar.

Segundo o diretor executivo do Hostelworld, Feargal Mooney, “para algumas pessoas, o emprego fixo pode ser uma barreira para viajar – seja entre os jovens adultos que estão querendo crescer na carreira ou entre aqueles que já foram mais longe e têm casa própria -, mas nossa pesquisa mostra que não precisa ser dessa forma, e que viajar não só te torna mais atrativo para o mercado de trabalho, mas as habilidades adquiridas podem ser revertidas em maiores lucros na carreira”.

De acordo com o estudo, boa parte dos adultos brasileiros (88%) considera fazer uma viagem. Na pesquisa o termo “viajar” foi definido como um período de pelo menos um mês. Entre os que ainda não viajaram, por razões que incluíram pensar que não podiam pagar (53%) e o fato de que sempre trabalharam direto, sem intervalos para uma viagem (12%), 61% dos questionados se arrependem desta decisão. “Viajar é uma das experiências mais gratificantes que uma pessoa pode ter, e aqueles que ignoram o desejo de ver o mundo costumam se arrepender. Empregos e finanças não precisam fechar esse caminho – estamos vendo um número cada vez maior de pessoas que embarcam em aventuras de duas semanas, ou mesmo só por um fim de semana, e as acomodações econômicas estão melhores do que nunca. Seja qual for o estágio da vida que você estiver, realmente não há uma boa razão pela qual você não deva sair e ver o mundo”, explica Feargal Mooney.

Sobre o Hostelworld
O Hostelworld Group é a principal plataforma global de reservas de hostels, com os sites Hostelworld, Hostelbookers e Hostel.com em seu portfólio, que atuam em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes e hostels de todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de avaliações espalhadas por 33.000 mil propriedades em mais de 170 países. O clientes do Hostelworld não são os turistas médios. Eles buscam experiências, e não suvenires, e querem estar no coração da ação. Eles querem Conhecer o Mundo, e é a própria natureza social dos hostels que facilita suas aventuras de viagens.

O grupo Hostelworld abriu seu capital em novembro de 2015, aparecendo nos principais mercados de valores de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney e Seul, e foi recentemente reconhecido como o Melhor Local de Trabalho de 2016, pelo Great Place to Work Institute.

Sobre a pesquisa
A PCP Market Research foi contratada pelo Hostelworld para realizar uma pesquisa on-line com 1.000 mil pessoas de cada um dos diferentes países: Reino Unido, França, Espanha, Alemanha, Itália, Portugal, Brasil e Coréia do Sul. A pesquisa ocorreu entre 13 e 26 de abril de 2017.

Saiba Mais | Comentários (0) | junho 27th, 2017

Dificuldade com idiomas impede 33 milhões de brasileiros de viajar pelo mundo segundo pesquisa do Hostelworld

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

Generator London Hostel

Não ser capaz de falar línguas estrangeiras impede mais de 33 milhões de cidadãos brasileiros (16%) de viajar para o exterior. A conclusão é de um estudo internacional do Hostelworld, plataforma líder mundial de reserva de hostels e albergues, que utilizou o Google Surveys para questionar mais de 8.000 pessoas de seis países sobre suas habilidades linguísticas e como elas impactam nos planos de viagem.

Generator London Hostel

Para ajudar os viajantes a superar as barreiras linguísticas, o Hostelworld desenvolveu o recurso “Speak the World” em seu aplicativo, que usa a tecnologia de tradução do Google Cloud para traduzir instantaneamente até 43 idiomas. Este recurso gratuito no aplicativo ajudará as pessoas a viajar sem medo com relação a dificuldade com alguns idiomas, permitindo-lhes ir ainda mais longe nas suas viagens e ir além dos lugares mais popularmente turísticos.

Generator London Hostel

Os Estados Unidos da América seria o destino eleito pelos brasileiros se a língua não fosse um problema (14%), seguido da França, Alemanha, Japão e Itália (todos 4%). Os EUA (junto com o Japão) seriam também o destino principal para franceses, enquanto os americanos preferiam ir até à Itália, e britânicos, italianos e espanhóis optariam viajar ao Japão.

Wombats City Hostel Budapest

“A capacidade de falar outras línguas não é essencial quando se viaja e ninguém deveria sentir-se excluído por não falar um idioma – mas a verdade é que pode fazer uma grande diferença, ajudando-o a mergulhar totalmente na cultura do país visitado de uma forma que você não poderia de outra maneira. Tudo isso é reforçado pelas pessoas incríveis que você será capaz de encontrar ao longo do caminho”, explica Otto Rosenberger, diretor de marketing do Hostelworld.

Enquanto metade dos brasileiros (49%) são capazes de falar uma segunda língua, mais de dois terços da população (68%) ainda deseja melhorar numa segunda língua. As principais razões para aprender um novo idioma são visitar um país em particular (30%), aprofundar-se em outras culturas (20%) ou conhecer novas pessoas (19%).

Há ainda os que querem ser melhores em línguas para evitar contratempos como “se perder com tradução de línguas”. Em viagens anteriores ao exterior, um em cada sete brasileiros (14%) diz que se perdeu enquanto viajava porque não sabia falar a língua, e um número similar achou que não conseguia encomendar a comida que queria (12%). Um em cada 14 entrou no trem, avião ou outro meio de transporte errado (7%).

Outras obstáculos de linguagem incluem comprar coisas que eles não queriam ou não ser capaz de encontrar um banheiro, acidentalmente flertar ou insultar alguém (todos, 5%). Isso significa que um em cada dez brasileiros (12%) fica mesmo constrangido tentando falar outra língua.

“Viajar pelo mundo é uma das experiências mais gratificantes na vida, mas muitos ainda se preocupam que suas habilidades de linguagem os deixem mal quando viajam para o exterior. É por isso que adicionamos a tecnologia de tradução do Google Cloud no nosso aplicativo, para que as pessoas não só possam encontrar incríveis hostels/albergues, mas também conversar perfeitamente em 43 idiomas de uma forma divertida – ajudar a abrir o mundo e permitir que os viajantes possam ir ainda mais longe nas suas viagens”, acrescenta Otto Rosenberger.

Com apenas alguns toques o tradutor está pronto para funcionar; basta falar para o microfone do dispositivo e aguardar que as palavras sejam traduzidas. Em seguida a funcionalidade “ouve” a resposta e traduz de volta para o utilizador, e assim sucessivamente. Além disso, é possível definir a tela do dispositivo para apresentar uma boca e lábios cômicos que se movem com as palavras, criando climas descontraídos para conhecer novas pessoas. Tal como demonstrado neste vídeo gravado com o comediante Phil Wang na Indonésia: https://www.youtube.com/embed/ogUn4rIMnkk. O Hostelworld está disponível para download na Apple AppStore e no Google Play.


Sobre a pesquisa
A pesquisa foi conduzida através do Google Consumer Survey a 8.478 mil adultos, divididos igualmente por seis países – Brasil, França, Reino Unido, EUA, Espanha e Itália, durante o mês de Abril de 2017.  

Sobre o Hostelworld
O Grupo Hostelworld é a plataforma líder de reservas de hostels e conta com o site Hostelworld, Hostelbookers e Hostels.com no seu portfólio de operações em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes através de hostels em todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de comentários e avaliações para cerca de 33.000 mil estabelecimentos em mais de 170 países. Os clientes Hostelworld não são os turistas habituais; eles interessam-se mais por experiências do que por lembranças e querem estar no centro da ação. Eles querem conhecer o mundo (“Meet The World”), e é a natureza sociável dos hostels que facilita as aventuras de viagem.

O Grupo Hostelworld está cotado em bolsa desde Novembro de 2015, nas principais bolsas de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney, Seoul e Porto, e foi recentemente premiado – pelo segundo ano consecutivo – como Melhor Empresa Onde Trabalhar pela Great Place To Work Institute.

Saiba Mais | Comentários (0) | junho 19th, 2017

Hostelworld lança tradutor que permite aos viajantes “falar” em 43 línguas

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

Aplicativo "Speak the World" traduz imediatamente até 43 idiomas

Aplicativo "Speak the World" traduz imediatamente até 43 idiomas

O Hostelworld, a plataforma líder global de reserva de hostels, lançou esta semana uma extensão da sua aplicação para sistemas iOS e Android, permitindo aos usuários traduzir instantaneamente até 43 idiomas.


Utilizando o software Google Cloud Translate o tradutor “Speak the World” permite aos usuários, através da aplicação do Hostelworld, reservar mais de 35.000 hostels e também falar fluentemente em 43 idiomas. Ao eliminar as barreiras linguísticas, o “app” ajuda os viajantes a afastarem-se ainda mais dos destinos mais populares e a mergulharem totalmente na cultura local.

A empresa com sede em Dublin – que está neste momento recrutando 50 profissionais das áreas da tecnologia para um novo escritório no Porto (http://www.hostelworld.com/blog/emprego-porto) disponibiliza o “Speak the World” em 43 idiomas, incluindo bengali, inglês, francês, hindi, japonês, romeno, espanhol, português ou tailandês. Disponível para iOS e Android, o aplicativo permite aos viajantes globais ultrapassarem as barreiras linguísticas em tempo real de forma divertida.

Com apenas alguns toques o tradutor está pronto para funcionar; basta falar para o microfone do dispositivo e aguardar que as palavras sejam traduzidas. Em seguida, a funcionalidade “ouve” a resposta e traduz de volta para o utilizador, e assim sucessivamente. Além disso, é possível definir a tela do dispositivo para apresentar uma boca e lábios cômicos que se movem com as palavras, criando o melhor um momento de descontração para conhecer novas pessoas… Tal como demonstrado neste vídeo gravado com o comediante Phil Wang na Indonésia: https://youtu.be/pFEhUCaUFGk.

Por detrás desta tecnologia está a tradução automática neural do Google Cloud Translate, que utilizou modernas técnicas de treino para conseguir as maiores melhorias conhecidas até ao presente na qualidade de traduções automáticas.

“O aplicativo Hostelworld já permite às pessoas encontrar e reservar hospedagem econômica de qualidade, com roteiros personalizados que mostram o melhor que há para fazer durante a viagem. Com o lançamento do “Speak the World”, o aplicativo permite agora aos viajantes afastarem-se ainda mais dos destinos mais populares e mergulharem totalmente na cultura local. A nossa fabulosa seleção de mais de 35.000 hostels já ajudou os jovens viajantes a ultrapassar a barreira do custo e agora, com a ajuda da nova tecnologia, vamos ajudá-los também a ultrapassar a barreira linguística de uma forma divertida”, explica Breffni Horgan, diretora de produto da Hostelworld.

O Hostelworld está disponível para download na Apple AppStore e no Google Play.

Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.hostelworld.app&hl=pt_br

AppStore: https://itunes.apple.com/br/app/hostelworld-reserva-hostels-albergues-e-pousadas/id348890820?mt=8

Sobre o Hostelworld

O Grupo Hostelworld é a plataforma líder de reservas de hostels e conta com o site Hostelworld, Hostelbookers e Hostels.com no seu portfólio de operações em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes através de hostels em todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de comentários e avaliações para cerca de 33.000 estabelecimentos em mais de 170 países.

Os clientes Hostelworld não são os turistas habituais; eles interessam-se mais por experiências do que por lembranças e querem estar no centro da ação. Eles querem conhecer o mundo (“Meet The World”), e é a natureza sociável dos hostels que facilita as aventuras de viagem.

O Grupo Hostelworld está cotado em bolsa desde Novembro de 2015, nas principais bolsas de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney, Seoul e Porto, e foi recentemente premiado – pelo segundo ano consecutivo – como Melhor Empresa Para Trabalhar pela Great Place To Work Institute.

Saiba Mais | Comentários (0) | maio 17th, 2017

Hostelworld divulga cenas “chocantes” de Charlie Sheen em um hostel

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers


Imagens de vídeo (https://youtu.be/E1VSnQ8DPt4) flagraram o ator de Hollywood, Charlie Sheen, em cenas “chocantes” num hostel, em Londres. As filmagens – que mostram o ator bebendo “shoots” no café da manhã, dormindo com sete pessoas e atacando um companheiro de viagem com uma raquete – foram divulgadas na última noite.

No entanto, poderá não ser exatamente o que parece. O ator de “Dois Homens e Meio” aliou-se à plataforma mundial de reserva de hostels, Hostelworld, para derrubar os mais comuns dos mitos sobre hostels. E, também, demonstrar que – tal como a reputação de Sheen – também os hostels estão mudando.

“Nos juntamos a Charlie Sheen para fazer uma sátira do seu passado irreverente e provar que os hostels, assim como ele, também se reformaram. Hoje os hostels têm quartos privados com “suites” e uma gama única de serviços e ofertas, desde terraços no último piso a piscinas ou modernos bares. O mais importante, porém, é que os hostels trazem uma extraordinária variedade de pessoas de todo o mundo. É definitivamente tempo de vivênciar essas experiências em um hostel”, comenta Otto Rosenberger, diretor de marketing da Hostelworld.

Na série de seis vídeos, Sheen desfruta de todos os serviços e áreas de um hostel moderno, incluindo uma noite de sono aconchegante num dormitório com sete pessoas, joga – e “vence” – um jogo de tênis de mesa contra um mochileiro, bebe saudáveis cocktails no café da manhã, cozinha em convívio com outros viajantes e saborear um doce na privacidade do seu próprio quarto.

Hoje, mais de 90% dos hostels têm quartos privados e a maioria tem interiores elegantes, decoração de design, banheiros, piscinas, saunas, bares modernos, bem como dormitórios. As filmagens foram realizadas no Wombats City Hostel, em Londres, um dos 33.000 mil estabelecimentos globais disponíveis no Hostelworld. O hostel londrino possui dormitórios modernos, quartos privados contemporâneos, um bar na cave com bilhar, mesas de tênis de mesa e uma bela cozinha comunitária.

“As reputações começam sempre em algum momento. Mas isso não significa que não se pode mudar! É verdade que eu tive alguns dias mais selvagens, assim como os hostels costumavam ser escuros e sombrios. Mas, tal como uma fênix renascida das cinzas, eu sou uma pessoa mudada e eu experimentei, em primeira mão, como os hostels estão também mudados e são limpos, elegantes e, o mais importante, muito divertidos. São perfeitos para qualquer pessoa que queira uma experiência de viagem sociável… basta deixar os preconceitos na porta”, defende Charlie Sheen.

“Embora estejamos entusiasmados por ter convertido uma mega-estrela ao estilo de vida hostelling, a verdade é que os hostels são também a escolha perfeita para pessoas com orçamentos mais apertados – afinal de contas, não é preciso gastar como uma estrela de Hollywood para viajar como uma”, finaliza Otto Rosenberger.

Sobre Hostelworld:

O Grupo Hostelworld é a plataforma líder de reservas de hostels e conta com o site Hostelworld, Hostelbookers e Hostels.com no seu portfólio de operações em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes através de hostels em todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de comentários e avaliações para cerca de 33.000 mil estabelecimentos em mais de 170 países.

Os clientes Hostelworld não são os turistas habituais; eles interessam-se mais por experiências do que por lembranças e querem estar no centro da ação. Eles querem conhecer o mundo (“Meet The World”), e é a natureza sociável dos hostels que facilita as aventuras de viagem.

O Grupo Hostelworld está cotado em bolsa desde Novembro de 2015, nas principais bolsas de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney e Seoul, e foi recentemente premiado como Melhor Empresa Onde Trabalhar 2017 pela Great Place To Work Institute.

Saiba Mais | Comentários (0) | março 8th, 2017

Cidades europeias estão entre as mais sociáveis do mundo

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

O estudo ‘Cidades Sociais’, conduzido pelo site de reservas de hostels e albergues Hostelworld, é a primeira análise comparativa da vida social das cidades do mundo e das opiniões dos moradores locais sobre viagens globais e sobre turistas.

Gotemburgo, na Suécia, é a cidade mais sociável do mundo – de acordo com um novo estudo sobre a sociabilidade global, conduzido pelo site de reservas de hostels e albergues Hostelworld. O estudo, o primeiro comparativo da vida social das cidades do mundo, analisou o comportamento e as atitudes sociais de 12.188 residentes de 39 cidades importantes de 28 países, analisando dez categorias de sociabilidade – que abordam como os moradores se socializam ou a abertura geral com outros – dos mais de 12.000 habitantes de grandes cidades do mundo.

Com as viagens sociais em ascensão e os jovens viajantes priorizando destinos com base na experiência social, ao invés de experiência cultural, este estudo surge na tentativa de entender quais as cidades mais hospitaleiras a receber jovens mochileiros. Gotemburgo, a “Little London” da Suécia, encabeça a lista das “cidades mais sociáveis”, seguida por Estocolmo, Chicago e Boston.

Top 10 das Cidades Mais Sociáveis

1. Gotemburgo (Suécia)

2. Estocolmo (Suécia)

3. Chicago (EUA)

4. Boston (EUA)

5. Nova York (EUA)

6. Copenhague (Dinamarca)

7. Madrid (Espanha)

8. Roma (Itália)

9. Hamburgo (Alemanha)

10. Dublin (Irlanda)

“Experiências de viagens sociais são uma força motriz por detrás das razões das pessoas viajarem. Jovens viajantes estão optando por ficar em albergues e hostels por causa da oportunidade de conhecer outros viajantes, e pelo o ambiente social e pelas aventuras espontâneas que vêm com isso. A beleza de ficar em um albergue em vez de outras acomodações é que ele tem uma comunidade de viajantes de todo o mundo com quem socializar – por isso, não importa onde você está, você pode conhecer o mundo. Nosso novo estudo oferece uma janela para a vida social das pessoas que vivem em grandes cidades do mundo, mostrando muitas variações fascinantes entre estilos e culturas de todo o mundo”, diz Marek Mossakowski, gerente de marca global do Hostelworld.

Neste estudo, a fim de identificar os principais destinos para as experiências sociais, os entrevistados foram questionados sobre suas atitudes em relação a uma variedade de coisas, incluindo sobre como socializam com os amigos, comer fora ou festas. Diferentes cidades triunfaram em todas as categorias; No entanto, Gotemburgo superou três dos dez critérios e se colocou no top em três outros. As três principais cidades em cada categoria podem ser encontradas abaixo.

Guia Hostelworld para viajantes que procuram viagens sociais:

Gastronomia Vibrante – Os viajantes interessados em comer fora e se envolver com os moradores durante o jantar devem visitar Nova York, Chicago e Boston, onde os moradores comem fora várias vezes por semana.

Autênticas refeições caseiras – Os viajantes interessados em reuniões sociais privadas com os moradores devem visitar Copenhague, Praga e Varsóvia, onde os habitantes valorizam o entretenimento em casa.

Cultura liberal e de mente aberta – Os viajantes interessados em conhecer pessoas de mentalidade aberta devem visitar Milão, Roma e Hamburgo, onde os habitantes locais estão aceitando uma ampla gama de estilos de vida.

Atmosfera de festa – os viajantes interessados em festas e baladas com os locais devem visitar Moscou, Madrid e Gotemburgo, onde os habitantes locais encontrarão toda a desculpa para uma festa.

Espírito de comunidade - Os viajantes interessados em uma vibe e espírito de comunidade devem fazer uma viagem a Gotemburgo, Copenhague ou Estocolmo, onde os moradores olham para a comunidade acima das necessidades dos indivíduos.

Tabela 2: As 10 categorias que compõem a sociabilidade, e as três principais cidades para cada categoria

Categoria 1.ª Cidade 2.ª Cidade 3.ª Cidade
Atividades Sociais
Frequência com que vê amigos
(nº de vezes / ano)
Jacarta
(151)
Madrid
(134)
Boston
(126)
Frquência de refeições em restaurantes
(nº de vezes / ano)
Nova York
(89)
Chicago
(88)
Boston
(72)
Frquência com que usam redes sociais (dias/ano) Gotemburgo
(356)
Estocolmo
(349)
Copenhague
(337)
Atitudes e Valores Sociais
Valor atribuído à socialização Gotemburgo Helsinkia Paris
Valor atribuído à diversão em casa Copenhague Praga Varsóvia
Prioridades sociais vs prioridades individuais Gotemburgo Copenhague Estocolmo
Diversão, Liberdade, Abertura e Confiança
Confiança nos amigos Praga Berlim Gotemburgo
Liberalidade Estocolmo Copenhague Gotemburgo
Abertura para outros Milão Roma Hamburgo
“Qualquer desculpa para festejar” Madrid Moscou Gotemburgo

Quando se olha para as diferentes categorias de sociabilidade, Nova York chega ao topo das cidades que mais vezes comem fora com os amigos. De fato, os nova-iorquinos comem fora de casa, em média, 89 vezes por ano, ou seja uma vez a cada quatro dias. Os nova-iorquinos ficam à frente dos moradores de Chicago, que, em média, comem 88 vezes fora de casa por ano. Boston (72) está em terceiro lugar, e depois, fora dos EUA, temos Kuala Lumpur (63) e as cidades turcas de Ancara (63) e Istambul (62).

Quanto à intensidade geral da atividade social, Jacarta ocupa o primeiro lugar. Em média, em Jacarta, os amigos encontram-se 151 vezes por ano. Ou seja, quase dia sim, dia não. Porém, só vão jantar fora entre amigos 18 vezes por ano, uma vez que preferem divertir-se em casa. Barcelona (e em certa medida Madrid) segue o mesmo padrão – uma alta frequência de socialização com os amigos, mas raramente à mesa de um restaurante. Copenhague é a cidade que mais gosta de entretenimento em casa e também é uma das cidades mais socialmente tolerantes, o que significa que os moradores de Copenhague têm tudo para ser os melhores anfitriões do mundo para um jantar bem caseiro.

As cidades escandinavas – Gotemburgo, Estocolmo e Copenhague – situam-se entre as cidades mais “socialmente ocupadas” e que dão maior importância ao que é bom para a comunidade em geral, em vez de se focarem no indivíduo. Atrás destas três cidades estão Tóquio, em quarto, e Banguecoque, em sexto.

Ao olhar para a importância que cada cidade dá à socialização, é uma vez mais Gotemburgo que aparece no topo, acompanhada da cidade escandinava de Helsínquia. Porém, também se destacaram Paris (em terceiro) e Dublin (quarto), que, nas suas diferentes formas, demonstram culturas citadinas que famosamente dão grande ênfase à vida social, mesmo que os locais não se reúnam tão frequentemente como em outras cidades.

Finalmente, em termos de festa e socialização, Madri e Moscou sobem ao pódio quando se trata de se identificarem com a frase “vou usar qualquer desculpa para ter uma festa”. Segue-se Gotemburgo, Jacarta, São Petersburgo, Seul, Deli e Barcelona.

Notavelmente ausente do topo das tabelas estão algumas das grandes cidades europeias, incluindo Paris, Berlim ou Londres. Apesar de todas as três terem cenas sociais vibrantes, os moradores locais de cada uma das cidades simplesmente não socializam tão frequentemente, vendo ocasiões sociais os eventos especiais e não tomando isso como ações diárias. Acessibilidade para socializar fora de casa, problemas de transporte e até mesmo falta de tempo para lazer também são fatores que ajudam a justificar estes resultados.

Veja mais: http://www.hostelworld.com/blog/cidades-mais-sociaveis-do-mundo?lang=pt-br

Sobre a pesquisa

O Índice de Cidades Sociais foi encomendado pela Hostelworld e construído a partir de dados coletados pela Foresight Factory (anteriormente Future Foundation) em estudo de pesquisa nacionalmente representativa conduzida on-line em 28 países em outubro de 2015, fevereiro de 2016 e outubro de 2016. O “Index Sociable Cities” foi construído sobre uma análise dedicada de um total de 12.188 entrevistas com moradores de cidades de todo o mundo, vivendo em 39 cidades em 28 países. Todos os cinco continentes estão representados, todas as principais capitais do mundo e a grande maioria das principais cidades de destino de viagens do mundo. Além disso, foram utilizados os dados da divisão populacional da ONU e os dados do World Values Survey. As 39 cidades do estudo são: Gotemburgo, Estocolmo, Chicago, Boston, Nova Iorque, Copenhague, Madrid, Roma, Hamburgo, Dublin, Toronto, Sydney, Paris, Baltimore, Varsóvia, Helsínquia, Vancouver, Milão, Berlim, Kuala Lumpur, Londres, Barcelona, Tóquio, Banguecoque, Moscou, São Petersburgo, Jacarta, Joanesburgo e Pretória, Cidade do México, Ancara, Rio de Janeiro, Praga, Istambul, Seul, Mumbai, Deli, São Paulo, Pequim, Xangai.

Sobre Hostelworld:

O Grupo Hostelworld é a plataforma líder de reservas de hostels e conta com o site Hostelworld, Hostelbookers e Hostels.com no seu portfólio de operações em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes através de hostels em todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de comentários e avaliações para cerca de 33.000 estabelecimentos em mais de 170 países. Os clientes Hostelworld não são os turistas habituais; eles interessam-se mais por experiências do que por lembranças e querem estar no centro da ação. Eles querem conhecer o mundo (“Meet The World”), e é a natureza sociável dos hostels que facilita as aventuras de viagem.

O Grupo Hostelworld está cotado em bolsa desde Novembro de 2015, nas principais bolsas de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney e Seoul, e foi recentemente premiado como Melhor Empresa Onde Trabalhar 2016 pela Great Place To Work Institute.

Saiba Mais | Comentários (0) | fevereiro 27th, 2017

Destinos de Carnaval com dicas Hostelworld: 7 hostels para quem ainda não se programou

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers

Ainda não definiu o seu destino de Carnaval? O Hostelworld te ajuda com dicas dos hostels mais especiais para a ocasião. Entre eles o melhor albergue do Brasil (e segundo melhor da América Latina): Discovery Hostelhttp://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Discovery-Hostel/Rio-de-Janeiro/70667.

Um dos feriados (e festa) mais esperados no Brasil, o Carnaval é muito democrático e abre ‘alas’ para todo mundo. Confira as dicas do Hostelworld, plataforma líder de reservas de hostels no mundo. Os hostels em destaque estão em meio a duas cidades muito conhecidas pela “farra” de Carnaval: Rio de Janeiro e Salvador.

Dicas Hostelworld:

Mambembe Hostelhttp://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Mambembe-Hostel/Rio-de-Janeiro/82643

Localizado no bairro cultural de Santa Teresa, os hóspedes podem chegar em 5 minutos ao centro histórico da cidade e a tradicional vida bohemia da Lapa. Do hostel é possível ter acesso – fácil – a pontos de ônibus e metro para as praias do Rio.

Meiai Hostelhttp://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Meiai-Hostel/Rio-de-Janeiro/71882

Como uma segunda casa para os hóspedes, o Meiai Hostel se destaca pelo conforto e gastronomia. As diárias incluem café da manhã e é possível escolher entre quatros compartilhados ou privativos.

Aurora Rio Hostelhttp://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Aurora-Rio-Hostel/Rio-de-Janeiro/268893

Localizado no bairro de Botafogo, o Aurora Rio Hostel está localizado no coração do Rio. Instalado em uma linda e história mansão azul, do hostel é possível observar a Estátua do Cristo Redentor. Ou seja, a apenas alguns passos de um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro.

Che Lagarto Suites Copacabana Anitahttp://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Che-Lagarto-Suites-Copacabana-Anita/Rio-de-Janeiro/3388

Uma excelente opção para quem procura quatros privados em um dos bairros mais populares do Rio: Copacabana! O Che Lagarto está localizado a quarto quadras de distância da praia de Copacabana. Perfeito para os amantes da vida em albergues, mas que também querem privacidade e momentos de relaxamento.

Alma de Santa Guest Househttp://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/Alma-de-Santa-Guest-House/Rio-de-Janeiro/77276

Localizado no charmoso bairro de Santa Teresa, o hostel está instalado em uma casa bonita e iluminada que preza pela arquitetura, com quartos privados e compartilhados. Próximo ao bairro da Lapa e também aos principais acessos de metrô e ônibus da Cidade Maravilhosa.

The Hostel Salvadorhttp://www.brazilian.hostelworld.com/hosteldetails.php/The-Hostel-Salvador/Salvador/268804

Em Salvador você encontra o The Hostel Salvador, com qualidade qualidade padrão da cadeia The Hostels. Experiência única na capital do axé e do acarajé. Localizada no bairro Rio Vermelho, próximo a lojas, bares, restaurantes e dos festejos de Carnaval, o The Hostel oferece uma estrutura impecável com piscina, terraço e bar com vista para o mar, além de sala de cinema, mesa de bilhar e cozinha totalmente equipada.

Aproveite ainda e faça um mochilão pelo Brasil e, claro, pesquise opções de hospedagem pelo http://www.brazilian.hostelworld.com.

Sobre Hostelworld:

O Grupo Hostelworld é a plataforma líder de reservas de hostels e conta com o site Hostelworld, Hostelbookers e Hostels.com no seu portfólio de operações em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes através de hostels em todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de comentários e avaliações para cerca de 33.000 estabelecimentos em mais de 170 países.

Os clientes Hostelworld não são os turistas habituais; eles interessam-se mais por experiências do que por lembranças. Eles querem conhecer o mundo (“Meet The World”), e é a natureza sociável dos hostels que facilita as aventuras de viagem.  O Grupo Hostelworld está cotado em bolsa desde Novembro de 2015, nas principais bolsas de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney e Seoul, e foi recentemente premiado como Melhor Empresa Onde Trabalhar 2016 pela Great Place To Work Institute. Saiba mais em http://www.brazilian.hostelworld.com.

Saiba Mais | Comentários (0) | fevereiro 15th, 2017

HOSCAR 2017: Segundo melhor hostel da América do Sul está no Brasil

Enviado por BelPress | Papo Direto Clientes, Hostelworld / Hostelbookers


O que é necessário para ser um hostel de excelência? Alguns dirão que é o que se pode fazer nas instalações, como por exemplo uma tatuagem, nadar na piscina, ver cinema no telhado ou a gastronomia. Outros dirão, porém, que são os quartos privados ou os dormitórios, a internet gratuita ou a possibilidade de conhecer viajantes de todo o mundo. Seja o que for, os hostels são lugares onde os viajantes se unem e as barreiras internacionais são quebradas através do riso, jogos de bilhar, campeonatos de beer pong e muito mais… e são esses elementos todos em conjunto que os HOSCARS (HOStelworld Customer Annual Ratings, em inglês) celebram.

E o Brasil pode celebrar novamente este ano! O Discovery Hostel está entre os melhores hostels do mundo depois de ter arrecadado o prêmio como 2º Melhor Hostel da América do Sul, num ranking dominado pelos chilenos Chili Kiwi Lakefront (1º) e H Rado Hostel (3º). Distinção ainda para o Che Lagarto Hostel Ipanema como o Albergue Mais Popular do Rio de Janeiro.

O Hostelworld analisou mais de um milhão de avaliações e comentários deixados no último ano para selecionar, entre 33 mil estabelecimentos de todo o planeta, quais os melhores dos melhores.

Portugal, como país, e Lisboa, enquanto cidade, foram os grandes vencedores. Lisboa é de fato a ‘La La Land’ do mundo dos hostels com mais vencedores e nomeações do que qualquer outra cidade no mundo. Ao todo, para Portugal, foram 15 menções, o que faz com que seja o país que mais prêmios ganhou na edição dos Hoscars de 2017. Portugal fica mesmo à frente de Espanha (que conquistou 10), EUA (9), Austrália (8) ou Itália (7) neste top de países com os melhores albergues do Mundo.

“Os HOSCARS são o último selo de aprovação dentro da indústria dos hostels, apresentando os hostels mais inovadores, social e verdadeiramente impressionantes que o mundo tem para oferecer – com base em mais de um milhão de comentários de clientes feitos no ano passado. O que significa que estes são mesmo os melhores hostels do mundo neste momento”, afirma Feargal Mooney, CEO do Hostelworld.

Uma seleção dos vencedores HOSCARS (visite www.brazilian.hostelworld.com/hoscars para a lista completa de vencedores)

Melhor Hostel do Brasil

Este ano o Discovery Hostel se destacou como Melhor Albergue do Brasil, assim como o segundo Melhor Albergue da América do Sul. O Discovery tem orgulho em ser construído pensado para os viajantes e oferecer todo o conforto de um hostel boutique, bem como o conforto e o calor de casa. Não se esqueça de desfrutar de seu churrasco e troca de livros, e aproveite a oportunidade perfeita para conhecer novas pessoas de mente aberta.


Melhor Hostel na Europa e Melhor Pequeno Hostel do Mundo

Continuando a sua série de sucesso que começou em 2016, o Soul Kitchen, em São Petersburgo, ganhou mais uma vez o prêmio de Melhor Hostel na Europa e também o prêmio de Melhor Pequeno Hostel do Mundo. Belamente projetado no seu todo, o Soul Kitchen representa a nova onda de hostels globais. Fundado num edifício barroco com mais de 150 anos nas margens do rio Moika, o hostel permite aos clientes ficarem em quartos privados ou em dormitórios. Este hostel russo arrecadou ainda o prêmio de Melhor Staff e Melhores Instalações.


Melhor Hostel do Mundo (categoria Tamanho Médio)

A cidade de Lisboa mais uma vez dominou esta categoria, tendo seis dos 10 primeiros lugares, e dominou não só o pódio como ainda ficou com o top 4. O Home Lisbon, onde os viajantes podem desfrutar todas as noites de deliciosos jantares confeccionados pela mãe do proprietário, ganhou este cobiçado prêmio pelo quinto ano consecutivo.


Melhor Grande Hostel do Mundo

Depois de uma breve estadia o ano passado pelo Brasil, o prêmio para Melhor Grande Hostel voltou este ano à Europa graças ao Ostello Bello Grande, em Milão. Sempre um firme favorito, o Ostello Bello Grande garantiu ainda a distinção para Melhor Hostel da Itália, pelo quinto ano. Muito provavelmente devido aos muitos extras que o hostel inclui na estadia dos seus clientes, desde um café da manhã, a uma bebida de boas-vindas e ao tradicional Aperitivo italiano.


Melhor Hostel Extra Grande do Mundo

Apenas a dois quarteirões da Michigan Avenue, e com base num edifício clássico de 1927, o Freehand Chicago foi o ano passado o Melhor Novo Extra Grande Hostel. A equipe não descansou e a popularidade tem crescido, ao ponto de se ter tornado este ano o Melhor Extra Grande Hostel do Mundo. O hostel não possui um, mas sim, dois lugares para desfrutar de comida e bebida, se prefere alguns snacks ou um premiado cocktail então aqui será bem cuidado no Café Integral ou no Broken Shaker cocktail bar.


Melhor Novo Hostel

A atração pelo Sudeste Asiático por parte dos mochileiros não mostra nenhum sinal de acalmar, e apresenta grandes oportunidades para novos e velhos hostels. O Lub d Phuket Patong é um daqueles hostels que fazem o que é necessário fornecendo níveis excelentes de serviço e das instalações no coração movimentado de Patong. Um vencedor merecido na categoria de Melhor Novo Hostel deste ano. Aqui a difícil escolha para os clientes é entre ficar relaxando na piscina e provar uma batidinha ou uma bebida qualquer no bar, ou ainda fazer uns longos 5 minutos a pé até à praia.


Melhor em África

Liderando o caminho para a África do Sul e para o continente africano como um todo, o The B.I.G., na Cidade do Cabo, é um hostel butique deslumbrante que foi transformado num espaço amigável e convidativo para uma curta caminhada até ao mundialmente famoso Victoria & Alfred Waterfront. O café da manhã continental está incluso e os hóspedes podem utilizar a mais recente aquisição do The B.I.G.: o seu próprio forno de pizza.


Melhor na Ásia

Aninhado entre o mar e as montanhas Nha Trang, no Vietname, o Mojzo Inn é a plataforma de lançamento a partir do qual pode apreciar este resort de alta energia. O Mojzo Inn oferece acesso à internet, café da manhã de cortesia, e cerveja entre as 17 e 18h, que mais poderia um viajante precisar? Uma combinação de deslumbrantes vistas sobre a cobertura, eco-credenciais e um incrível staff foi o suficiente para o Mojzo Inn levar para casa o prémio de Melhor na Ásia.


Melhor na América do Norte

Há momentos em que viajamos e sentimos que estamos em casa, e o hostel Mama’s Home é onde se pode sentir isso de verdade! Um peculiar espaço com redes para relaxar e um incrível café da manhã servido no deslumbrante terraço. Neste hostel os hóspedes sentem-se como parte da família assim que chegam.


Melhor na Oceânia

Literalmente um verdadeiro oásis de calma para o viajante, Traveller’s Oasis, em Cairns, porta de entrada para a Grande Barreira de Corais, permite o descanso em quartos privados ou dormitórios, diversão na piscina ou um tradicional churrasco Aussie. Deixe o staff cuidar das reservas de turismo gratuito ou relaxe com acesso a mais de 1500 filmes em um disco rígido compartilhado


Melhor na América do Sul

Passando do 3.º lugar para alcançar o primeiro lugar como Melhor na América do Sul: falamos do Chili Kiwi Lakefront. O hostel oferece agora quartos duplos únicos, dois dos quais podem ser encontrados até numa árvore no jardim dando aos hóspedes uma visão completa do lago mesmo aos seus pés.


Lisboa: A Hostel Paradise

Nem sempre esteve na lista de destinos dos viajantes. Porém, Lisboa está novamente mostrando ao mundo como os hostels devem ser administrados, dominando a categoria de tamanho médio dos HOSCARS a nível mundial. Quer se trate de novas amizades que se iniciam com conversas logo de manhã ou ao longo da noite, ou lembrando sobre partes da noite passada durante o café da manhã, o núcleo de qualquer Hostel é o seu espaço social e hospitalidade que reúne pessoas de espírito aberto. Nesta categoria a hospitalidade famosa de Lisboa brilha com o Goodmorning Lisbon que ganhou o HOSCAR de Melhor Atmosfera.



Sobre Hostelworld:

O Grupo Hostelworld é a plataforma líder de reservas de hostels e conta com o site Hostelworld, Hostelbookers e Hostels.com no seu portfólio de operações em 19 idiomas diferentes. Conectando jovens viajantes através de hostels em todo o mundo, o Hostelworld tem mais de 8 milhões de comentários e avaliações para cerca de 33.000 estabelecimentos em mais de 170 países.

Os clientes Hostelworld não são os turistas habituais; eles interessam-se mais por experiências do que por lembranças. Eles querem conhecer o mundo (“Meet The World”), e é a natureza sociável dos hostels que facilita as aventuras de viagem.  O Grupo Hostelworld está cotado em bolsa desde Novembro de 2015, nas principais bolsas de Londres e Dublin. Com sede em Dublin, o Hostelworld tem escritórios em Londres, Xangai, Sydney e Seoul, e foi recentemente premiado como Melhor Empresa Onde Trabalhar 2016 pela Great Place To Work Institute. Saiba mais em http://www.brazilian.hostelworld.com.

Saiba Mais | Comentários (0) | janeiro 24th, 2017

« Older Entries